San Telmo


st1.jpg st3.jpg st2.jpg

San Telmo é um canto da cidade cheio de história e personalidade. Foi na metade do século XIX o lugar de residência da classe alta de Buenos Aires. No final do mesmo século, por causa de uma penosa epidemia de febre amarela, seus moradores emigraram para a região norte da cidade, hoje Bairro Norte e Recoleta. Nos anos setenta, inicia-se a restauração de uma parte do bairro, rica em estilo arquitetônico, querendo ressaltar a arte, a boemia e os antiquários. Hoje é o referente mais importante do mercado de antigüidades na América do Sul. Possui mais de 500 lojas que oferecem todo ipo de antiguidades e coleções de objetos.

Em San Telmo você encontrará numerosos bares, pubs e clubes de tango. Caminhar pelo bairro é voltar no tempo. A sua típica arquitetura colonial, as estreitas calçadas empedradas, as lojas, as ruas de pedra e as antiguidades representam a magia do seu valor histórico.

FERIA SAN TELMO

Na praça Dorrego, Rua Humberto Primo e Defensa, aos domingos a partir das 10 da manhã até as 5 da tarde funciona a feira de San Telmo, famosa no mundo inteiro pela sua excentricidade e a variada oferta de elementos históricos, móveis, porcelanas, óculos, canetas, maçanetas, cartões, tecidos, chaves, câmeras fotográficas, discos de tango, pôsteres , toalhas de mesa, etc. Mais de cinco mil pessoas a visitam a cada domingo.

Outra atração se gera na rua com os artistas de todo tipo: plásticos, desenhistas, mimos, músicos e bailarinos de tango, atores, etc. que fazem do bairro um espetáculo maravilhoso. É um verdadeiro show que oferece Buenos Aires para não perder! Conheça-o!

MUSEO DE ARTE MODERNA

Com uma coleção de mais de 1500 obras da arte moderna: desenhos, pinturas, fotografias, esculturas e arte alternativa de vanguarda. Você encontrará peças de artistas internacionais como Dali, Matisse, Miró, Kandinsky, Picasso, etc. Dentre os argentinos estão Xul Solar, Pettorutti, etc. Está localizado em uma antiga fábrica de tabacos. Recomendo sua visita!

MUSEO HISTORICO NACIONAL

O acervo histórico do nosso país. Desde suas origens, e o período pré-hispânico. Conta com objetos pertencentes aos grandes próceres da história argentina, mapas, bandeiras, pinturas, móveis, armas, etc. Localizado no Parque Lezama.

Horários: De 3a a 6a de 11:00 h. a 17:00 h. Sábados de 15.00 a 18.00 h. Domingos e feriados de 14:00 h. a 18:00 h. Entrada: $ 1. Rua Defensa 1600.

PASAJE SAN LORENZO

Lá você encontrará uma curiosidade arquitetônica, chamada de Casa Mínima. Ela mede apenas 2,10 metros formados por uma porta de entrada e uma janela em cima da porta com uma sacada pequena. A casa pertenceu a um escravo liberto depois da abolição da escravidão em 1816. A casa permanece fechada. Só é possível ver a sua fachada.